Como as redes sociais geram resultados no Marketing para pet shops

Você está em busca de um retorno efetivo para as estratégias de Marketing para pet shops que vem implementando na sua loja?

Ou, você gostaria de colocar sua pet shop na internet e começar a trabalhar com estratégias de Marketing para pet shops?

Já pensou em investir em redes sociais?

Afinal, elas são excelentes ferramentas de Marketing para pet shops.

Além de atraírem a atenção de potenciais consumidores, as redes sociais são capazes de engajar essas pessoas e transformá-las em clientes para sua loja.

Ao usá-las, você concentrará esforços, tempo e recursos para essa finalidade explorando toda a potencialidade de resultados que as redes sociais são capazes de entregar aos negócios.

Para você ter a dimensão exata dessa potencialidade por aqui, o brasileiro passa 650 horas por mês (em média) navegando pelas redes sociais, segundo a ComScore.

E, claro, nossa frequência nas redes sociais também é surpreendente.

De acordo com a eMarketer, uma a cada três pessoas usa alguma rede social.

Nada mais nada menos que 62% da população está navegando pelas redes sociais, como constatou o relatório “Digital in 2018: The Americas”, divulgado pelas empresas We Are Social e veiculado pela Revista Exame.

Embora exista uma imensidão de pessoas nas redes sociais, elas nos permitem um assertivo direcionamento nas segmentações, otimizando as ações de Marketing para pet shops.

Então, depois de ler essas informações que podem aumentar seu faturamento da água para o vinho, muito provavelmente, você está curioso para saber como pode implementá-las no seu pet shop, certo?

Continue lendo este artigo para descobrir todas essas possibilidades.

2-redes-sociais-petshop.jpeg

Comece mapeando seu público-alvo

Você já percebeu que existe uma infinidade de pessoas que estão navegando pelas redes sociais todos os dias, não é mesmo?

Mas você não quer que todos esses usuários venham até você, afinal, nem todos irão adquirir produtos e serviços na sua loja.

Logo, você precisa canalizar esforços.

E, para isso, você precisa identificar o público-alvo, ou seja, as pessoas que comprarão de você.

Como seu pet shop já tem clientes, essa tarefa mais fácil do que você imagina.  

Basta você analisar o perfil das pessoas que já frequentam seu pet shop, identificando as características que são comuns a elas, como:

  • Faixa etária;
  • Estado civil;
  • Bairro e/ou cidades onde residem;
  • Renda mensal;
  • Principais serviços e produtos consumidos;
  • Produtos e/ou serviços que ainda não consomem, mas pretendem consumir em um futuro próximo;
  • Gostos e preferências;
  • Hobbies;
  • Redes sociais mais usadas.  

A partir deste mapeamento, você conseguirá usar com assertividade as ferramentas de anúncios disponíveis na maioria das redes sociais, como Facebook e Instagram.

Porque com a definição do seu público-alvo em mãos, você segmentará anúncios com promoções para seus potenciais consumidores.

Planeje e crie conteúdos relevantes para as pessoas que podem comprar de você

Agora, você já conhece seu público-alvo e as redes sociais nas quais as pessoas que lhe interessam estão presentes.

Então, esta é a hora certa para você começar a engajar essas pessoas.

E a melhor maneira de fazer isso é produzindo conteúdos.

Esses conteúdos devem seguir a Lei de Pareto (80/20): A cada 2 postagens sobre produtos ou serviços do seu pet shop, 8 devem ser relacionadas aos assuntos que interessam ao público-alvo e que estão relacionados com as principais dúvidas dele.

Assim, você consegue informar e interagir com sua nova audiência, fortalecendo os elos com as pessoas que podem comprar na sua loja.

Logo, quando essas pessoas precisarem de algum produto ou serviço para o animal de estimação delas, automaticamente, elas se lembrarão do seu pet shop.  

Mas ao invés de escrever conteúdos todos os dias, faça um planejamento.

O mínimo recomendado para a publicação de conteúdos no Facebook é 3 vezes por semana.

Produza material para, pelo menos, uma semana, ou seja, 12 postagens.

E para fazer o design das peças, não contrate um designer.

Você mesmo pode fazer isso utilizando o Canva.

Com essa ferramenta online e gratuita, você produzirá peças sensacionais para suas redes sociais com templates, facilitando (e muito) a publicação das suas postagens.

Use o Facebook

1-facebook-petshop.jpeg

Você já está com a estratégia e as principais ações para as redes sociais definidas.

Então, agora, você deve começar (de vez) a colocar a mão na massa para ter resultados.

E a melhor rede social para você iniciar nesse trabalho é o Facebook.

Porque ela é a mais popular entre os usuários: São 127 milhões de pessoas mensalmente no Brasil, segundo o próprio Facebook.

Logo, dificilmente seu público-alvo não estará nela.

Então, comece criando sua fanpage.

Use o Canva para produzir o avatar e também a capa.

No avatar (que corresponde a foto do negócio na fanpage), inclua sua logo.

E na capa, imagens junto com informações que agreguem valor à sua loja.

Com essas ações simples, você estará diferenciando sua estratégia de Marketing para pet shops da concorrência.

E depois de estar com a fanpage pronta, poste conteúdos, que já deve ter sido planejado e produzido por você.

Para também otimizar seu tempo para veiculação das postagens, assim como você com o planejamento de conteúdo, programe as publicações usando o próprio Facebook para isso.

Na sua fanpage, inclua o texto e a foto que você quer divulgar e, ao invés de publicar, clique na seta do botão publicar.

Assim que você selecionar essa opção, será exibido um pop-up com as opções de dias e horários para a veiculação. Escolha as opções desejadas e clique em programar. No dia e hora marcados, as postagens serão divulgadas aos seus seguidores.    

E, claro, não deixe de fazer anúncios para seu público-alvo com promoções.

Também use o Instagram

3-instagram.jpeg

O Instagram é uma das redes sociais mais acessadas pelos brasileiros: São mais de 50 milhões de pessoas reunidas nela.

Isso significa que o Brasil está em segundo lugar no número de usuários mundial.

Logo, não vale a pena deixar o Instagram de fora da sua estratégia, não é mesmo?

Então, comece detalhando seu perfil.

Essa atitude é perfeita para você vender o conceito do seu pet shop.

Não abra mão de incluir um avatar, que pode seguir a mesma lógica de design adotada por você no avatar do Facebook.

E você sabe qual é a principal diferença entre o Facebook e o Instagram?

As fotos.

No Instagram, elas são protagonistas.

Por isso, invista em boas imagens e também faça suas próprias fotos para contextualizar seus conteúdos.

Nas legendas, use hashtags (#).

Porque elas ajudarão a associar suas fotos a outros conteúdos parecido com os seus, maximizando a visibilidade deles.

Para agendar as publicações, você pode contar com o auxílio do Postgrain.

E para descobrir as hashtags mais usadas pelos potenciais clientes de pet shops, acesse a ferramenta Wisp Social.

O Whatsapp também pode fazer parte da sua estratégia

Você ainda pode usar o Whatsapp nas suas ações para conquistar e manter clientes, se diferenciando da maioria das ações executadas nas estratégias de Marketing para pet shops.

Afinal, são mais de 1,5 milhão de usuários ativos no Brasil, logo, é bem difícil encontrar pessoas que não tenham o aplicativo instalado no smartphone.

Então, não deixe de incluir o número de Whatsapp no material publicitário e também nas outras redes sociais do seu pet shop.

Assim, as pessoas interessadas nos produtos ou serviços da sua loja poderão conversar com você.

Faça ainda promoções exclusivas para os atuais clientes, oferecendo combos ou descontos.  

Afinal, eles já são clientes do seu pet shop e podem se sentir motivados a fazer uma nova compra assim que receberem uma mensagem no celular.

Agora, para implementar essa ação, tenha, preferencialmente, um número exclusivo para atendimentos online e treine os colaboradores que serão responsáveis por essas conversas.

Também os orientem sobre como devem ser conduzidas as conversas, a importância de escrever corretamente e, claro, evitar gírias e palavrões no atendimento online.

Seu pet shop nas redes sociais

Depois de ler este artigo, você percebeu como pode criar estratégias diferenciadas de marketing para pet shops?

E, assim, conquistar novos consumidores e ainda fomentar novas compras junto aos seus clientes?

Tudo isso é possível graças às redes sociais, sem a necessidade de implementação de ações mirabolantes executadas com investimentos estratosféricos.

Então, o que você está esperando para começar a colocar tudo isso em prática?

Faça isso agora mesmo e nos conte nos comentários como está sendo a experiência.  

Abraços e boa gestão fazendo o seu marketing para pet shops.

Banner_NP.jpeg

Gostou? Compartilhe!

Se inscreva em nossa Newsletter
Fique por dentro das novidades do nosso blog!