Gestão de vendas na pet shop: como fazer e quais indicadores acompanhar

Como você realiza a gestão de vendas na sua pet shop? Por ser um conceito amplo e que envolve diversos fatores, é comum que os empreendedores tenham dúvidas sobre o que isso de fato significa e como aplicá-lo no negócio. 

Neste artigo apresentaremos o que é a gestão de vendas e como ela pode ser aplicada em uma pet shop. Você também verá quais são os benefícios que ela proporciona e os principais indicadores a serem acompanhados no seu negócio. 

Boa leitura!

O que é a gestão de vendas e qual sua importância para o segmento pet?

A gestão de vendas está presente, ou ao menos deve estar, em qualquer tipo de negócio. Independente do mercado, público e nível de complexidade da venda, gerir os processos, técnicas, equipe e indicadores é o caminho para impulsionar os resultados. 

Nesse sentido, a gestão de vendas nada mais é do que desenvolver, coordenar e monitorar a operação de vendas do seu negócio, considerando todos os aspectos relacionados para que a empresa atinja suas metas comerciais. 

A gestão da área comercial envolve todas as ações necessárias para garantir a qualidade e o volume desejado de vendas, desde a contratação de vendedores, até a análise dos indicadores de desempenho e ações para fidelização dos clientes.

Contar com uma gestão estratégica não apenas mantém sua pet shop competitiva no mercado, como também garante a saúde financeira do negócio e o mantém no caminho para o crescimento.

Isso fica ainda mais claro quando consideramos o período de incertezas e crise que todo o mercado enfrentou com a pandemia. O segmento pet continuou em crescimento acelerado durante a pandemia, e os negócios que alcançaram este resultado o fizeram a partir de ações estratégicas e uma boa gestão. 

Conforme o site Pipedrive, existem 3 pilares dentro do processo de vendas:

  • Operações de vendas;
  • Estratégia de vendas;
  • Análise de vendas.

É normal que detalhes do processo variem conforme cada modelo de negócio, mas são esses 3 pontos que serão a base para desenvolver uma gestão de vendas realmente eficiente. 

A gestão de vendas é um conjunto de ações para atingir seus objetivos comerciais e de crescimento.

Com isso em mente, o que é preciso fazer para ter uma boa gestão comercial na sua pet shop? Confira a seguir. 

Como fazer uma boa gestão de vendas?

São diversos os aspectos relacionados à gestão das suas vendas, mesmo que não diretamente. Entre os principais estão:

Pense na gestão de pessoas

Mesmo que você possua uma equipe pequena na sua pet shop, o que é o caso da maioria das pet shops de bairro, a gestão de pessoas é fundamental e deve ser bem pensada desde o momento da contratação. 

São as pessoas que irão contribuir para que o seu negócio atinja as metas estabelecidas, portanto, elas precisam estar alinhadas aos seus objetivos e valores. É preciso entender quais habilidades e tipo de perfil são essenciais para que as operações do dia a dia funcionem, e você possa dedicar sua atenção à gestão. 

Melhore seus processos

Investir em melhorar os processos que fazem parte da rotina da sua pet shop certamente impactará tanto na produtividade, como na rentabilidade. 

Além disso, a melhora constante dos seus processos ajudará a se manter competitivo no mercado e conquistar mais clientes. 

Para isso, cada colaborador deve entender qual o seu papel dentro da empresa e ter as ferramentas necessárias para desempenhá-lo da melhor maneira possível. 

A tecnologia na gestão da pet shop pode contribuir para isso. Você pode contar com soluções para uma comunicação mais eficaz, sistemas para emissão de notas fiscais ou ainda, um software para o controle de estoque.

Tenha atenção ao controle de estoque

E por falar em controle de estoque, sabemos que esse é um dos principais desafios dos empreendedores do mercado pet. 

Se o seu objetivo é manter ou melhorar suas vendas, estar atento ao estoque deve ser uma das suas prioridades como gestor. 

Entender e acompanhar a projeção de estoque e compras, seus produtos perto da data de vencimento, o histórico de compra e venda de cada produto, qual o momento ideal para comprar e quais itens estão parados no estoque são questões que farão toda a diferença nos seus resultados. 

Temos um checklist completo para entender se o seu controle de estoque é eficaz, basta clicar aqui ou na imagem abaixo para fazer o download:

cta-controle-de-estoque.png

Faça a gestão dos seus serviços

Os serviços oferecidos na pet shop são responsáveis por boa parte do seu faturamento, por isso, merecem sua atenção e acompanhamento constante. 

Você já parou para pensar se oferecer pacotes de serviços para seus clientes pode ajudar no faturamento, ou ainda, se está praticando a precificação correta?

São detalhes como esses que fazem a diferença no seu negócio. 

Além disso, acompanhar de perto os serviços realizados no dia a dia pode trazer bons insights, e ainda contribuir para a organização da pet shop. 

Aplique técnicas de vendas

gestao-pet.png

Vendas dependem de processo, e portanto, podem ser otimizadas. Existem inúmeras técnicas de vendas que podem ser aplicadas na sua pet shop em busca de melhores resultados. 

Um bom exemplo são as técnicas de cross-sell, que se baseiam na oferta de um produto ou serviço que complemente o que o cliente já está comprando. Mas você pode ir além do cross-sell e buscar outras técnicas e estratégias para aumentar suas vendas.

Tenha um bom relacionamento com fornecedores

Oferecer bons produtos aos seus clientes exige contar com fornecedores confiáveis e que proporcionem vantagens competitivas para a sua pet shop. 

Uma boa parceria é benéfica para ambas as partes, tanto o comprador, como o fornecedor. Por isso, na hora de escolher seus fornecedores, é preciso considerar questões como a qualidade dos produtos e benefícios oferecidos, por exemplo. 

cta-negociação-com-fornecedores-pet-control.png

Defina as metas para a sua gestão de vendas

Já falamos em crescimento e atingir os objetivos do negócio, mas você sabe quais são de fato suas metas?

Não ter um planejamento de metas está entre os 10 erros comuns na gestão de pet shop que podem prejudicar seus lucros. Não definir seus objetivos também impede que você tenha uma visão clara do que é preciso fazer e como está o desempenho do negócio. 

Portanto, se você ainda não tem metas bem definidas, comece a pensar em onde você quer que o seu negócio chegue, e o que é preciso fazer para alcançar este objetivo. Você verá que a gestão de vendas terá um papel fundamental nisso. 

Monitore os indicadores

De nada adianta definir quais são as metas do seu negócio, sem criar uma rotina para acompanhar e monitorar esses indicadores.

Os resultados que devem ser monitorados irão variar conforme cada negócio e objetivo, mas existem certas métricas que precisam ser acompanhadas em qualquer negócio do segmento. 

Como estamos falando em gestão comercial, o número de vendas efetuadas é uma das principais métricas que devem ganhar a sua atenção. 

O ticket médio é outro indicador fundamental. Trata-se do valor médio que cada cliente gasta com a sua pet shop em um período determinado (você pode considerar o mês, por exemplo). O seu cálculo é simples:

Ticket Médio = Faturamento do mês / Quantidade de vendas no mês

Esse indicador traz um maior entendimento de quantos clientes precisam comprar da sua pet shop para atingir o faturamento desejado. 

A fidelização dos clientes também se faz importante na gestão de vendas. Afinal, conquistar um cliente é 25 vezes mais caro do que manter um existente. Nesse sentido, você pode analisar quantos clientes no mês retornaram à sua pet shop e quantos fizeram sua primeira compra. Se os seus clientes não estão retornando em busca de novos produtos e serviços, é hora de pensar em estratégias para atraí-los novamente. 

Conquistar um novo cliente custa 25x mais do que manter um existente.

Mas, é necessário considerar qual a sua capacidade máxima de atendimento. Busque entender qual o número de animais podem ser atendidos por dia e por mês na sua pet shop. Com isso, você saberá se a capacidade está alinhada à sua meta de vendas, e se é necessário adquirir novos equipamentos ou contratar mais pessoas para ampliar o seu atendimento. 

Por fim, é importante acompanhar a satisfação dos seus clientes. Realize pesquisas para entender o nível de satisfação dos clientes com o seu atendimento. Os feedbacks recebidos serão fundamentais para a melhoria do seu serviço. 

Como está a gestão comercial da sua pet shop?

Esperamos que este artigo tenha gerado bons insights para a gestão de vendas da sua pet shop. Agora é hora de analisar cada ponto, desde a operação até a análise das vendas, e definir um plano de ação para colocar em prática o que apresentamos aqui. 

Lembre-se que uma boa gestão é capaz de tornar seu negócio mais competitivo e estratégico, e fazer com que você alcance até mesmo os resultados que parecem mais distantes no momento. 

Entre os pontos que abordamos neste artigo, você pode iniciar melhorando o seu controle de estoque. Baixe nosso checklist gratuito e entenda se a sua gestão de estoque é eficiente:

cta-controle-de-estoque.png

Gostou? Compartilhe!

Se inscreva em nossa Newsletter
Fique por dentro das novidades do nosso blog!