10 erros comuns na gestão de pet shop que podem prejudicar seus lucros!

Pela nossa experiência de mercado, sabemos que muitos empreendedores seguem cometendo alguns erros que impactam diretamente a gestão de pet shop. E, desta forma, acabam perdendo muitas oportunidades de lucrar.

É por isso que precisamos falar sobre os principais pontos de atenção para você não perder oportunidades em 2021. Pois sua gestão precisa acompanhar a evolução do setor, uma vez que o mercado está em constante crescimento.

E, com isso, novas lojas surgem a todo momento. Então, você não quer ver seu negócio perdendo para a concorrência, quer? Para te ajudar, consultamos alguns clientes que também já enfrentaram dificuldades na gestão de pet shop e compartilham suas experiências de como superar os principais desafios. Continue a leitura!

A gestão de pet shop abrirá portas em 2021

Você sabia que, no ano passado, “pet shop” foi um dos termos mais buscados para ideias de negócios no site do Sebrae?

Esta notícia compartilhada em diversos veículos, inclusive em matéria do Portal G1, aponta que muitas pessoas pensam em abrir um negócio neste mercado. Então, aprimorar a gestão de pet shop é uma importante ação para não perder lucratividade e acompanhar a evolução do setor. 

Porém, de acordo com o conteúdo “Como montar uma loja de animais ou pet shop”, também do Sebrae, os empreendedores deste segmento devem estar cientes que junto com as oportunidades caminham também as perdas.

Sendo assim, toda escolha da gestão de pet shop pode abrir ou fechar portas para a lucratividade em 2021. Desta forma, cabe a você aprender com erros e acertos do setor, dedicando-se a pontos de atenção específicos, como em:

  • Investimentos na qualidade do serviço e atendimento;
  • Ações de pós-venda e fidelização de clientes;
  • Acompanhamento em tempo real de todas as informações e processos;
  • Atualização constante sobre o setor;
  • Aprimoramento e capacitação da equipe;
  • Parcerias e melhorias nas negociações com fornecedores;
  • Total compreensão das exigências legais, normas e decretos.

Todavia, para se destacar, é preciso ir além destes requisitos básicos. A gestão de pet shop precisa ser totalmente assertiva, ou seja, sem erros.

E, mais do que isso, é necessário pensar à frente considerando a oferta de serviços e produtos variados, comodidade e praticidade para os clientes, divulgações eficientes e até mesmo na tecnologia envolvida nas operações.

10-erros-gestao-de-pet-shop-img1.jpeg

A gestão de pet shop pode abrir ou fechar portas para a lucratividade em 2021, cabe a você aprender com erros e acertos do setor.

Ouça a voz da experiência e evite 10 erros comuns na gestão de pet shop!

Antes de tomar qualquer decisão, pare e confira tudo o que vamos compartilhar nesta publicação. Afinal, ela é baseada em experiências reais, de empreendedores que atuam no setor e sabem como você pode aprimorar a gestão de pet shop!

Para isso, reunimos aqui informações compartilhadas por dois de nossos clientes: Claudio Ivo Setovski, da Europetz Petcare, e Alexandre Ascal, da Like Pet’s. E estes são os erros mais comuns que eles pontuaram:

Erro 1: Falta de competitividade

Os pequenos negócios, ao realizarem a aquisição de insumos e mercadorias para revenda, frente aos grandes grupos, precisam pensar em estratégias que os diferenciam.

Erro 2: Falta de um sistema de venda via e-commerce ou por canais digitais

O público está cada vez mais conectado, inclusive no setor pet. Deixar de atender pela internet hoje em dia é perder grandes oportunidades de negócio.

Erro 3: Falta de consultoria jurídica e contábil permanente

É importante contar com profissionais especialistas nestas áreas, pois qualquer erro neste sentido impacta a lucratividade do negócio, e pode até resultar em multas e penalidades ainda mais graves.

Erro 4: Não realizar a completa separação das contas bancárias particulares e da empresa

Misturar as finanças pessoais e profissionais é uma prática que deve ser evitada ao máximo. O dinheiro da empresa deve ser usado somente em seus investimentos e custos.

Erro 5: Tentar cobrir o preço da concorrência sem saber o seu real custo

Não adianta oferecer aos clientes preços que são inviáveis para sua pet shop. Neste sentido, é melhor perder a venda que sair no prejuízo.

Erro 6: Não ter um planejamento de metas

O que você deseja alcançar com o seu negócio? Tenha clareza nos seus objetivos e assim conseguirá estabelecer ações mais assertivas para realizá-los.

Erro 7: Não ter um fluxo de caixa detalhado

Se você não acompanha o ticket médio por animal, nem analisa os custos em relação ao faturamento, precisa rever este comportamento, pois pode estar perdendo muito dinheiro com a má gestão do fluxo de caixa.

Erro 8: Não realizar reuniões com a equipe em busca de melhorias

Seus colaboradores têm muito a compartilhar. Ouça todos os envolvidos nos processos e o que eles têm a dizer, pois com estes feedbacks podem surgir muitas ideias para aprimorar as atividades.

Erro 9: Desvalorizar ou não ter total conhecimento sobre o perfil do cliente

Você acha que seu cliente é “chato”? É porque você não o conhece como deveria. Não adianta desvalorizar o público. Pelo contrário, é preciso compreendê-lo, se aproximar e atender às suas exigências, investindo em conteúdos e estratégias que possam gerar a fidelização, incluindo as redes sociais.

Erro 10: Pensar apenas em beleza e não bem-estar dos animais

De nada adianta ter uma pet shop belíssima, com uma excelente infraestrutura, grande oferta de produtos e os equipamentos mais tecnológicos, se esta não prioriza o bem-estar dos animais atendidos. Este deve ser o norte de todas as ações da sua empresa.

Que tal eliminar estes erros do seu negócio?

De todos os erros apresentados aqui, quais destes fazem parte da sua gestão de pet shop? A resposta certa seria “nenhum”, mas errar é humano, não é mesmo? Então, agora que você sabe o que não deve fazer na sua pet shop, vamos ajudar você a resolvê-los!

Nós temos respostas para essas e muitas outras questões que afetam diretamente a lucratividade dos varejistas. Isso porque, estamos acompanhando o setor desde 2010, trabalhando sempre além do nosso propósito de tornar o Brasil o país que sonhamos por meio do empreendedorismo. Logo, a principal solução para todas estas situações é o conhecimento.

Portanto, tudo o que você precisa fazer neste momento é baixar o e-book “Guia de Gestão volume 1” que preparamos para sua gestão de pet shop. Ao fazer o cadastro, você terá acesso aos cinco pilares que refletem na evolução do seu negócio e como estruturá-los no seu dia a dia a partir de agora.

Com o conteúdo, você aprenderá a controlar as finanças, organizar o estoque, negociar preços e produtos, acompanhar as vendas, gerenciar a equipe, além de aprimorar o atendimento, tanto de clientes, como dos próprios pets!

Gostou? Compartilhe!

Se inscreva em nossa Newsletter
Fique por dentro das novidades do nosso blog!